Entenda o VoIP, tecnologia que permite apps ligarem pela Internet - ACOMIP

Cada vez mais surgem aplicativos que permitem que os usuários façam chamadas telefônicas pela Internet, mas poucos conhecem o VoIP, a tecnologia por trás desse benefício.

O que é o VoIP

VoIP, ou Voz sobre Protocolo de Internet, é uma tecnologia que permite a transmissão de voz por IP (Protocolos de Internet), ou seja, transforma sinais de áudio analógicos, como em uma chamada, em dados digitais que podem ser transferidos através da Internet. O método está cada vez mais presente com softwares que possuem a tecnologia, como Skype, Facebook Messenger, Viber e WhatsApp.

Apesar de ter ganhado destaque no mercado recentemente, a tecnologia surgiu no início da década de 1990 e chegou a ser considerada um fracasso por causa da baixa velocidade de transmissão de dados da época. Porém, com a popularização da Internet banda larga, a tecnologia passou a ganhar mais espaço e foi investido em qualidade de serviço para que o método se tornasse viável.

Como funciona

Para que esse método seja possível, o VoIP captura a voz, que até então é transmitida de forma analógica e a transforma em pacotes de dados que podem ser enviados por qualquer protocolo TCP/IP. Sendo assim, o primeiro passo é instalar algum software que permita a ação. Na prática, a transmissão pode ser feita de duas formas, de um computador para outro ou de um computador para um telefone convencional.

Quando a transmissão é feita entre computadores ou demais dispositivos com Internet, como smartphones, tudo que é falado no headset ou microfone é transformado em informação binária e transmitido através da Internet. Essa é certamente a maneira mais fácil e econômica de usar a tecnologia, já que você não paga nem pelas ligações internacionais de longa distância. Tudo o que você precisa é um app que execute a função, microfone, alto-falantes, placa de som e conexão com a Internet, de preferência a cabo ou com modem DSL.

Já se você usa o computador para fazer uma chamada para um telefone convencional, a voz também é transformada em informação, que passa pela Internet e é alterada para sinais analógicos, o que será recebido nas ligações, nas centrais telefônicas. Caso você queira usar o seu próprio telefone convencional para realizar chamadas com a tecnologia VoIP, também é possível.

Nesse caso, você irá precisar de um dispositivo de chamada ATA (adaptador telefônico analógico), um conversor analógico-digital que permite que você conecte um telefone comum ao seu computador ou sua conexão de Internet para poder usar o VoIP. O dispositivo pega o sinal analógico do seu aparelho telefônico e converte em dados digitais para transmissão pela Internet. Alguns provedores distribuem o ATA gratuitamente, enquanto, em outros, você precisa contratar o serviço.

Telefones IP

É muito comum a confusão entre VoIP e Telefonia IP, mas vale lembrar que eles são diferentes. Enquanto no VoIP utiliza equipamentos convencionais para fazer a transmissão de dados via Internet, os telefones IP são aparelhos específicos que se conectam diretamente à rede de computadores recebendo voz, dados e imagens. Eles se parecem com os telefones comuns, mas utilizam conectores RJ-45, os mesmos das placas de rede de computadores, em vez do padrão telefônico RJ-11.

Vantagens e desvantagens

São várias as vantagens da tecnologia. Além de baratearem o custo das ligações telefônicas, o VoIP ainda permite que várias chamadas ocupam o mesmo espeço que é preenchido somente por um na telefonia tradicional. Na rede convencional, 10 minutos de ligação consumiam 10 minutos de transmissão a uma taxa de 128 Kbp/s, enquanto com VoIP a mesma ligação pode ocupar somente 3,5 minutos do tempo de transmissão a 64 kbp/s, deixando o restante livre para outras chamadas.

Porém, apesar dos benefícios, há também algumas desvantagens do método, como a dependência de Internet, que provoca diversos contras. Por exemplo, a qualidade da chamada irá depender de uma boa conexão e isso pode acabar atrapalhando, além de não poder contar com a tecnologia em situações de emergência nas quais não temos como ficar online. Ainda assim, o VoIP tem se tornado cada vez mais popular e mostra que vale a pena.
No Brasil, a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), órgão responsável pela regulamentação de telecomunicação no país, esclareceu que um provedor VoIP não que fornece a rede, não precisa de licença para funcionar.

FONTE: Tectudo